sexta-feira, 22 de junho de 2007

Alívio

Miar alto, esperar-me à porta da casa-de-banho, aguçar as unhas na arca da roupa, beber água da torneira, atirar-se às minhas pernas (as terríveis emboscadas!) quando passo no corredor, pedir que lhe atire a bolinha de papel.

Tudo coisas irritantes, sim, mas muito bem-vindas depois de mais de 24 horas de reclusão, muda e imóvel, debaixo da cama e do sofá, aparentemente colhida por medo ou doença.

Bem-vinda de volta Shivinha! : )

2 comentários:

Leonor disse...

Qé pasou, afinal?

lia disse...

Não cheguei a perceber : (

Ficou mais de um dia sem se mexer (tirando breves incursões ao seu WC) e sem miar, debaixo da cama ou do sofá, como se tivesse medo ou se sentisse doente. Felizmente na Quinta à noite, para júbilo da sua dona, lá arrebitou! : )

Tempos idos

FEEDJIT Live Traffic Feed