terça-feira, 29 de maio de 2007

Mediterrâneo über alles

Há dez anos, quando fiz a minha primeira viagem ao estrangeiro, (os holandeses) achavam que eu era turca.

Aos 29, passo por italiana (tantos «ciaos» gritados em lojas não podem ser coincidência), francesa (com as hospedeiras da swiss a trocarem o «auf wiedersehen» pelo «au revoir» à minha passagem) e, claro está, espanhola (a moça da loja do aeroporto quase se metia num buraco quando esclareci ser portuguesa. Bem tentei dizer que não fazia mal, o engano, mas a rapariga devia ter tido alguma má experiência com este tipo de troca ibérica).

Estou de volta (mais ou menos).

5 comentários:

Suz disse...

Os portugueses não existem, somos invisíveis para o resto do mundo!!

E olha que já me importei mais com isso do que agora.. sabe bem to keep a low profile ;)

bicho_de_conta disse...

E sabias tu que há uns anos uns gajos decidiram atribuir signos aos países e o nosso era o Peixes? :D

Românticos e preguiçosos, diziam eles. As coisas que eu memorizo :D

menina-alice disse...

Ah, bom!... Estava a ver que não. A mim, como não poderia deixar de ser, confundem-me com nórdicas de elevada estatura. :D

bicho_de_conta disse...

É caso para dizer: cada um tem aquilo que merece! :D

Hoje tive muito que fazer aqui no serviço, a ver se ainda hoje, enquanto preparo o programa de rádio, consigo actualizar o tasco de forma mais convincente : )

Suz disse...

Pôssas! Já não me bastava o signo, agora o país também é Peixes???

Realmente, começo a concordar com uma pessoa entendida que um dia espreitou a minha carta astral: "ai filha, se o teu ascendente não fosse Leão, já tinhas cortado os pulsos! Tens Peixes em quase todos os planetas!"

Tempos idos

FEEDJIT Live Traffic Feed