segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Será que ainda me lembro da pass do blogue?

E a resposta é: ah, que bom, ele entra sozinho.

Nunca estive tanto tempo sem regressar a este cantinho mas, como tanta coisa na minha vida, o Sofá Verde obedece à famosa deixa da Lucinda Williams: «forgiven, but not forgotten».

Agora que 2010 dá o seu suspiro final, sento-me novamente frente a vós para fazer o balancete (parece-me indicar maior modéstia e menor ambição, este termo) do ano que se fina.

Um ano em que se me esgotou, precisamente, a paciência para os balanços. E em que peneirar talvez tenha sido a palavra de ordem; como se, por fim, fosse mais fácil distinguir o vital do acessório (e como este nos atafulha casas e vidas, credo!).

Volto já.

4 comentários:

leonor disse...

Ainda hoje vim cá e pensei "30 de Agosto?! É possível que há 4 meses eu venha cá a dizer a mim própria que

– hey, já passaram uns dias desde que a Lia aqui escreveu?".

:D

sou muito persistente nos meus amores. :)

beijinhos e bem-vinda (não desapareças por mais sei lá quantos meses)

lisabel disse...

Em contacto telepático estamos nós, maninha, já viste? :D

Beijos, com mãos geladas.

Lia

Suz disse...

Welcome back melher :)

Bj

martalx disse...

ufa... estava a ver que não voltavas :)

Tempos idos

FEEDJIT Live Traffic Feed