terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

Quem diria, que um dia...

Nunca pensei que a minha gata me viesse a dar motivos de orgulho. Quer dizer, eu acho-a fabulosa e dotada de uma inteligência apenas ensombrada pela minha (cof), mas para quem vem de fora, reconheço que é uma bicha desagradável. Só se mostra ronronante quando as visitas vão embora e não raras vezes exibe as garras nos momentos mais inoportunos (todos, portanto).

Foi assim com estupefacção que assisti à rendição de Dona Shiva Maria perante o charme natural da minha amiga Suz. Cheira-mão, encostanço nas pernas, colinho. Inédito, se não contarmos, é claro, com o rendez vous Shiva / Anita, uma amiga desta vossa serva cujo ADN nesta altura se confunde já, estou certa, com o dos felinos.

A Suz registou o momento com emoção no seu blogue, o que me encheu de tolo mas genuíno orgulho. Directamente dos seus escritórios, Shiva disfarçou o entusiasmo com a fleuma do costume.






Infelizmente, Spooky Suz, nem tudo são boas notícias. Esta menina que vês acima revelou-se uma fã extremamente old school dos X-Files. Desde a terceira ou quarta série que não reage ao assobio do genérico nem dá patadas no écrã. Um desgosto.

5 comentários:

leonor disse...

A Shiva ainda não viu o meu colo...
Garanto amor imediato, discreto e eterno. :)

lisabel disse...

: )

Leonor, tenho de te contar o meu sonho de hoje. Inacreditável...

leonor disse...

msn, distraída...

Suz disse...

Fleuma! Ela também tem o seu quê de British!
Cada vez mais qualidade e coisas em comum comigo :)

A Shivinha é uma fofa, digo e repito.

E quanto a ser uma fã old school dos X Files demonstra carácter incorruptível. É assim mesmo miúda!

:)

Bjinhos

Maria Manuela (M&M) disse...

Eu adoro gatos..

E essa tua bichana é linda....
bjos

Tempos idos

FEEDJIT Live Traffic Feed