quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

HOUSE

Quase tão bom como o Mike Patton a dizer «canciones lentos» foi, nesta Segunda-feira à noite, o House a dizer «castanhas do Pará». Senti um pequeno arrepio, e nem tem estado assim tanto frio ultimamente.

Agora, há necessidade de o emparelharem com uma tipa esquelética, cabelo impecável, perfil de top model? E a simpatia pelos pobres de espírito - e de corpo - que gostam de ver a série e não se revêem em tais estampas?

Estou chateada.

(Susana, ainda só vi para aí até ao episódio 5. Não me venhas já com os teus spoilers em catadupa.)

5 comentários:

Cibele Chaves disse...

Eu cá acho absolutamente chocante que tenham mudado a equipa de médicos!
Eu ainda pensei aquilo ia levar uma reviravolta mas que depois eles voltavam todos e era "amiguinhos" outra vez :)
Os gajos são mesmo novos , não são?
Acho mal...

lisabel disse...

São novos... mas os outros ainda lá andam. O Foreman até já foi repescado para vigiar o House e tudo.

Também acho muito mal. Sou avessa a tudo o que seja mudanças de line-up nas minhas séries favoritas :D

Anónimo disse...

A série já andava a mastigar um bocado a mesma pastilha há três temporadas.. havia necessidade de fazer algo novo. Eu gosto e fartei-me de rir com a maneira como ele vai colhendo a nova equipa ;)

E mais näo digo >_< que a Lia näo deixa :P eh eh eh

Parola

Anónimo disse...

não te preocupes, ela desaparece paí no próximo episódio, quando for brutalmente despedida por um dos homens da série...:p

ihihihi

acho piada ao teu blog!

*
*

menina-alice disse...

foi tremendo foi. mas o melhor, o melhor... o melhor mesmo... é a 11 de Maio da Aula Magna...

Tempos idos

FEEDJIT Live Traffic Feed