quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Quando as máquinas falam connosco

São curiosas as mensagens que nos dão os aparelhos de leitura e gravação de música.

Assim de repente, destaco a preguiça do meu leitor de mp3, que se não lhe mexermos durante uns quantos minutos se espreguiça num:

«Ocioso, desligando...» (com reticências e tudo)

Já o computador ao qual estou sentada agora, se tento passar para uma pasta uma música que já lá canta, pergunta-me se tenho a certeza que o quero fazer. A minha hipótese de resposta favorita:

«Sim a tudo»

3 comentários:

menina-alice disse...

:D:D:D:D:D

E "Não a tudo" para os dias da TPM braba.

NC disse...

Também no outro dia tinha em duplicado no meu computador uma pasta chamada "Lisboa" com fotos que me mandaram da capital no século XIX, e quando apaguei uma delas foi giro ler "tem a certeza que quer enviar Lisboa para a reciclagem?". Lembrei-me que seria um bom slogan para o Sá Fernandes! :D

Suz disse...

Por andas, melher, que tens o mail a deitar por fora?..

:)

Tempos idos

FEEDJIT Live Traffic Feed