segunda-feira, 28 de julho de 2008

I am an agent of chaos



Já há quem diga que é um dos melhores vilões de sempre. Eu, que não tenho a história do cinema em mim mas ainda consigo contornar cepticismos e entregar-me por completo a um filme, só tenho autoridade para dizer: o Joker do Heath Ledger é já uma das minhas personagens favoritas de sempre. Quando penso no filme só me ocorrem as suas tiradas, o seu humor doentio, cada expressão e cada esgar a sublinhar a grosso a demência que, ao invés de repelir, nos atrai irremediavelmente para as suas cenas.

E isto não tem nada a ver com pena. Aliás, por detrás de tanta maquilhagem e tanto génio, praticamente me esqueci que, no Dark Knight, estamos a ver o canto de cisne do ex-cowboy gay (Deus lhe fale na alma).

2 comentários:

Nuno disse...

Doentio é a palavra. Dos vilões mais sinistros e causadores de desconforto que tenho visto. Merece todas as parangonas que lhe foram dedicadas.

leonor disse...

Vi ontem o filme e adorei. Melhor joker de sempre. Melhor "Batman" que vi até agora. Recomendo a sala "scary room" do Campo Pequeno. Volta a escrever, maninha. Bué de saudades de te ler.

Tempos idos

FEEDJIT Live Traffic Feed